Logo da CBIC
15/02/2022

CBIC apresenta resultado da Pesquisa Gargalos no dia 21/02. Confira!

Você quer saber quais são os maiores gargalos de produtividade, inovação e competitividade no segmento de obras industriais e corporativas? No próximo dia 21/02, a Comissão de Obras Industriais e Corporativas da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (COIC/CBIC) apresentará o resultado da Pesquisa Gargalos. A reunião online será realizada das 16h às 18h.

 A pesquisa nacional contou com a participação de 134 executivos de nível diretivo e “C-Level” de empresas que estão comprovadamente envolvidas na execução de projetos e obras industriais e corporativas, target da COIC/CBIC.

Para garantir a adequada abrangência e representatividade do segmento, foram adotados critérios rigorosos de amostragem, tomando por referência as estatísticas oficiais de número de empresas segundo os ramos de atividade e segmentos da indústria da construção, com base nos dados mais recentes do IBGE, como a Pesquisa Anual da Indústria da Construção (PAIC) e do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), com suas estatísticas da Relação anual de informações sociais (RAIS).

Segundo Luciana Guerra, da Somatório Inteligência, foram pesquisadas empresas com sede em 58 municípios brasileiros, de 25 unidades da federação. “Houve controle de distribuição de amostra pensado para garantir proporcionalidade relativa e bases mínimas de entrevistas para análise de resultados em cada uma das 5 regiões do país”, menciona.

Pesquisa revela maiores gargalos no setor

Em meio a diversos gargalos e barreiras ao desenvolvimento da indústria da construção no segmento de obras corporativas e industriais, os pesquisados apontaram alguns que se destacam, para além dos desafios conjunturais, que estão relacionados à instabilidade econômica e política e aos impactos da pandemia:

  • Falta de mão-de-obra qualificada, comprometida ou especializada;
  • Dificuldades na cadeia de suprimentos, como a falta de insumos;
  • Aspectos legais e regulatórios, e
  • Desafios de gestão e dificuldades organizacionais, bastante específicos de cada tipo de empresa do setor.

Os resultados do levantamento guiarão as diretrizes da comissão para os próximos anos. O objetivo é aprimorar cada vez mais o segmento de obras industriais e corporativas.

O que esperar da apresentação da Pesquisa Gargalos no dia 21/02

“A pesquisa trouxe muita riqueza de resultados, o que traz muitos níveis de detalhamento para subsidiar o trabalho da COIC em várias frentes de fomento para o setor”, destaca Luciana Guerra.

Foram pesquisados diversos temas como fatores de impacto na produtividade das empresas, desafios internos e externos, competitividade, diferenciação, investimentos em inovação, entre outros temas.

“Um dos aspectos bem interessante do estudo são as métricas de sucesso dos projetos, que nos permitiu analisar as proporções de obras bem-sucedidas, como base em algumas dimensões de performance, como conformidade entre previsto e resultado, em termos de custos, prazos, ocorrências de segurança do trabalho e meio ambiente, qualidade de execução e satisfação da contratada, por exemplo. Além de questões específicas, como gestão compartilhada, prazos para medição de contratos, instrumentos garantidores, etc”.

Inscreva-se e confira!

A pesquisa tem interface com o projeto “Fortalecimento das Empresas de Obras Industriais e Corporativas” da Comissão de Obras Industriais (Coic) da CBIC, com a correalização do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional).

Agenda COIC

septiembre, 2022

X