Logo da CBIC

Agencia CBIC

17/08/2022

TJMG e Seconci-MG debatem violência doméstica e familiar nos canteiros de obras

“Violência doméstica e familiar” é o mote do Projeto Construindo Igualdades, que o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) retoma nesta semana em parceria com o Serviço Social da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Seconci-MG), por ocasião da campanha nacional Justiça pela Paz em Casa. As palestras estão sendo realizadas em canteiro de obras de construtoras de Belo Horizonte.

A iniciativa traz a discussão da violência doméstica e familiar contra a mulher para o público da construção civil, por meio de palestras de sensibilização levadas aos canteiros de obras e escritórios de empresas do setor. A palestra desta quarta-feira (17) será ministrada pela juíza Marixa Fabiane (caso Bruno), do TJMG.  

Após a interrupção, em março de 2020, em função da pandemia da Covid-19, o Seconci-MG está retomando as ações do projeto “Construindo igualdades”, desenvolvido a partir de um acordo de cooperação técnica firmado com o TJMG, por meio de sua Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Comsiv).

Em seus 30 anos de atividades, o Seconci-MG sempre procurou fomentar a discussão de temas voltados para a saúde, a segurança no trabalho, a educação, e a prevenção de acidentes, entre outros, que afetam o comportamento, a convivência, as relações interpessoais e a sociedade em geral.

Na prática, o Serviço Social da Construção de Minas Gerais promove a discussão de temas nos eventos educativos realizados em obras da construção civil e a questão da violência doméstica repercute em qualquer dinâmica familiar, o que motivou a entidade a aderir à campanha conduzida pelo TJMG.

A parceria visa alcançar homens e mulheres para a compreensão da temática da violência contra a mulher, expondo como a violência acontece no contexto das relações desiguais de poder entre os gêneros. As palestras buscam instruir as mulheres a reconhecer seus direitos e acessar os serviços de apoio e os homens a desenvolver relações afetivas equilibradas, favorecendo modos de convivência não violentos.

Desde que a construção civil abriu espaço para debater esse tema, em outubro de 2018, já foram promovidos 23 eventos, alcançando um público de 2003 ouvintes. As palestras são ministradas por juízes, defensores públicos, psicólogos e assistentes sociais vinculados à Comsiv, e abordam o ciclo da violência familiar, suas várias formas de manifestação, sua invisibilidade cotidiana e os recursos legais para coibi-la.

As exposições, seguidas de debates, mostram que esse ciclo costuma ser repetitivo e tende a ser reproduzido por aqueles que o testemunham e vivenciam – daí a importância de falar sobre um assunto que está atrelado às questões culturais de uma sociedade.

O Seconci-MG, por meio do seu Departamento de Serviço Social, intermedia contatos junto à Comsiv para realização das palestras nas empresas de construção interessadas em debater o assunto, que verifica a disponibilidade e condições de atendimento.

(Com informações do Seconci-MG)

COMPARTILHE!

Setembro/2022

Agenda de la construcción

Socios y Entidades Confederadas

Socios

 
SECONCI BRASIL
Ademi – PE
Sinduscon Sul – MT
Sinduscon-MG
Sindicopes
APEOP-SP
Sinduscom-VT
Sinduscon Anápolis
Sinduscon-Oeste/PR
Sinduscon-Pelotas
Sinduscon-TAP
Sinduscon-RS
 

Marque aquí y consulte a nuestros socios

Entidades Confederadas

 
CICA
CNI
FIIC
 
X