Logo da CBIC

Agencia CBIC

14/03/2012

Saneamento: apenas 45% da população têm acesso à rede de água e esgoto

Dados do Instituto Trata Brasil revelam que apenas 45% da população brasileira têm acesso à rede de água e esgoto.

Do esgoto coletado no país, apenas 37,9% têm tratamento.

A má qualidade do saneamento tem impacto direto na saúde pública e acaba demandando mais gastos do governo.

De acordo com o Trata Brasil, cada R$ 1 investido em saneamento gera economia de R$ 4 na área de saúde.

Por ano, 217 mil trabalhadores precisam se afastar de suas atividades por problemas gastrointestinais ligados à falta de saneamento, segundo o instituto.

A cada afastamento perdem-se 17 horas de trabalho.

Nos cálculos do Trata Brasil, o Brasil investe cerca de 0,22% do Produto Interno Bruto (PIB) em saneamento, quando deveria ser investido 0,63%.

"Não adianta sermos a sexta maior economia do mundo sem esses investimentos. O Brasil está atrasado ao menos duas décadas nesse assunto. E como o desenvolvimento das obras em execução é demorado, essa realidade pode se estender por um bom tempo", diz o presidente do Trata Brasil, Édison Carlos.

Clique aqui para acessar a íntegra da matéria divulgada no jornal Brasil Econômico.

 

COMPARTILHE!

Agenda de la construcción

Socios y Entidades Confederadas

Socios

 
Sinduson – GV
Sinduscon-RIO
AELO
Sinduscon-SP
Ademi – AL
Sinduscon-Oeste/PR
Abrainc
Sinduscon-MS
Sinduscon-DF
Sinduscon – Vale
APEOP-SP
Sinduscon – Grande Florianópolis
 

Marque aquí y consulte a nuestros socios

Entidades Confederadas

 
CICA
CNI
FIIC
 
X