Logo da CBIC
22/06/2022

No Enic, presidente da Caixa anuncia recorde de contratação imobiliária e realização de Feirões neste ano

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, anunciou no painel “Medidas de incentivo ao Programa Casa Verde e Amarela”, durante o 94º Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic), que em maio deste ano a Caixa bateu o recorde de contratação de crédito imobiliário da história do banco, com R$ 15,6 bilhões. O executivo também disse que o banco estuda quantos Feirões imobiliários serão realizados neste ano. “Vamos fazer feirões imobiliários de forma muito forte este ano”, disse.

Durante o evento, Guimarães também ressaltou o recorde na parte do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE). “A gente tem um crescimento de 700%, comparando agora com 2018. É um crescimento muito forte. Não falta dinheiro para o segmento imobiliário”, afirmou.

O presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins, lembrou que a Caixa não trabalha somente com o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS). “Não esqueçam que a Caixa não é só FGTS. Ela tem um SBPE muito forte. A gente sabe que criou-se uma segmentação. Tem que juntar tudo isso. Vamos fazer um grande mutirão”, reiterou.

Guimarães ainda apresentou as medidas adotadas pela Caixa para apoio às empresas. São elas: antecipação de recursos para novos empreendimentos; prazo de carência para início das obras; cláusulas suspensivas, com apresentação posterior de licenças, exceto ambiental; prazo de carência para início da amortização de obras concluídas; prorrogação do cronograma, sob demanda; liberação de parcelas com vistoria física posterior; e revisão nos cronogramas de repasse.

Sobre a nova curva de subsídios, que entrou em vigência este ano, o presidente da CBIC apontou que os parâmetros criados ficaram mais aderentes à realidade econômica e social do povo brasileiro. “As pessoas têm de entender que esses investimentos fazem um bem enorme para a qualidade de vida. Você não entrega somente a casa. Entrega uma condição de vida e de cidadania”, mencionou.

Guimarães também disse que o mercado brasileiro está próximo da curva e que acredita no crescimento da economia. “O Banco Central agiu fortemente. Vejo hoje a inflação cedendo claramente. Vejo o ciclo de alta próximo do fim. Na minha opinião, a gente está em uma situação muito melhor que a de outros países, porque a gente agiu mais rápido, teve superávit, reduziu muito a expectativa do déficit durante 2020 e 2021. Fizemos a privatização que teve sucesso absoluto. Temos também mais de R$ 1 trilhão de investimentos em infraestrutura já contratados. E o leilão da Eletrobras foi muito importante, porque se não tivesse confiança no Brasil não teria acontecido. Eu acredito no crescimento da economia. Nós temos uma parte fiscal muito mais sólida do que o mercado reconhece”, ressaltou.

O executivo ainda reiterou que o banco está ‘colocando o pé no acelerador’. “A gente tem muita tranquilidade do ponto de vista da economia. Por isso nós estamos colocando o pé no acelerador. Os resultados da Caixa continuam muito fortes, apesar de não estarmos retomando os imóveis na velocidade que retomamos antes da pandemia. Vamos continuar crescendo, em especial no imobiliário”, finalizou.

Inscreva-se no 94º Enic e assista essa e muitas outras palestras gratuitamente.

O tema do Painel do ENIC tem interface com o projeto  “Melhoria para o mercado imobiliário”, das Comissões de Habitação de Interesse Social (CHIS) e da Indústria Imobiliária (CII), da CBIC, com a correalização do Senai Nacional.

O 94º Enic é realizado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e conta com a correalização do Sesi, Senai e patrocínio do Sebrae, Confea, Mútua, AltoQI, SoftwareONE, CV, Sienge e Caixa Econômica Federal.

COMPARTILHE!

Agenda de la construcción

Socios y Entidades Confederadas

Socios

 
APEOP-PR
Ademi – PR
Sinduscon-PR
Sinduscon Anápolis
SECOVI-PR
SECOVI- PB
Sinduscom-VT
Sinduscon – Vale
Sinduscon-PA
Sinduscon-AL
Sinduscon-Caxias
Sinduscon-MG
 

Marque aquí y consulte a nuestros socios

Entidades Confederadas

 
CICA
CNI
FIIC
 
X