Logo da CBIC

CBIC`s Agency

24/09/2021

Passos detalha mudanças do Casa Verde e Amarela na live CBIC Economia

A economista Ieda Vasconcelos recebeu nesta sexta-feira (24/09), na live CBIC Economia, o presidente da Comissão de Habitação de Interesse Social (CHIS) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Carlos Henrique Passos, para detalhar aos internautas as novas medidas de estímulo ao programa Casa Verde e Amarela, anunciadas neste mês pelo governo federal.

Na conversa com Vasconcelos, ao vivo pelo Instagram da CBIC, Carlos Henrique Passos apontou os avanços realizados para o melhor desenvolvimento do programa. Dentre as mudanças, revisão nos limites dos valores dos imóveis, conforme a seguir:

  • Revisão em 10% em relação aos valores atuais para as metrópoles. No DF, RJ e SP, o limite foi elevado de R$ 240 mil para R$ 264 mil
  • Na Região Sul e nos estados do ES e de MG, o valor passou de R$ 215 mil para R$ 236,5 mil
  • Nas demais metrópoles das regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste, o valor que era de R$ 190 mil passou para R$ 209 mil
  • Nas demais capitais ou municípios acima de 250 mil habitantes o aumento foi de 10% em relação aos valores atuais
  • Nos municípios acima de 100 mil habitantes houve um aumento também de 10%
  • Nos municípios entre 50 e 100 mil habitantes, o aumento foi de 15%

Com esse aumento de 15%, segundo o executivo, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) buscou dar maior efetividade ao Casa Verde e Amarela. “O MDR percebeu que, nas regiões Norte e Nordeste, onde o programa tem uma deficiência na sua efetividade, a quantidade de municípios com esse estrato de população tem uma participação maior do que nas outras regiões”, frisou.

Os novos limites entram em vigor a partir do dia 22/10 e as operações poderão ocorrer reenquadrando as operações de vendas do Casa Verde e Amarela que não estão enquadradas no momento atual.

Outra medida com vigência a partir do dia 22/10 é a redução da taxa de juros no programa de 0,5% no nominado Grupo 3 (Faixa 3 do MCMV), composto por famílias com renda entre R$ 4 mil e R$ 7 mil. “Essas famílias pagavam juros de 8,16% ao ano e, a partir dessa vigência, passam a pagar juros de 7,66% ao ano”, mencionou.

Além disso, houve a revisão da curva de desconto, com vigência a partir de março de 2022.

Para Passos, com essas medidas o governo espera atender de forma mais eficaz o Grupo 1, composto pelas famílias com renda de até R$ 2 mil e as Regiões Norte e Nordeste e do interior dos estados.

O presidente da CHIS da CBIC destacou que, no momento, as empresas estão se debruçando em torno de um reestudo de projetos para ver se o avanço anunciado permite reenquadrar empreendimentos dentro do programa e ter novos lançamentos.

Inflação persiste no País

Na live, a economista também conversou com os internautas sobre as expectativas para a taxa Selic no fim de 2021 e também para 2022. Lembrou que a  Selic, que  passou de 5,25% para 6,25% ao ano  neste mês de setembro, vem registrando sucessivas altas como forma de tentar conter o aumento persistente e elevado da inflação  no País.

Ressaltou que a projeção para 2021 é que a inflação encerre o ano superior a 8%, patamar muito superior ao teto da meta inflacionária nos últimos 12 meses encerrados em agosto,21 9,68%. Ieda Vasconcelos explicou que parte expressiva desse aumento pode ser explicado pela elevação dos combustíveis, energia elétrica e alimentação (carne).

“Se tirássemos a alta desses três itens da inflação, ela cairia de 9,68% para cerca de 5%, mencionou Vasconcelos ao ressaltar o peso desses itens.

A expectativa atual, segundo a economista, indica que o Copom aumentará mais 1% na Selic em outubro e mais 1% na reunião de dezembro, encerrando o ano a Selic superior a  8%.

“Esse cenário de alta de Selic e inflação persistente provoca uma redução das atividades produtivas, ou seja, acontece o direcionamento do capital do segmento produtivo para o mercado financeiro e, por isso, essas taxas de juros exercem essa influência tão grande na economia”, enfatizou.

Confira também comentários da economista sobre o INCC e as expectativas para a construção civil sobre crédito imobiliário e PIB nesse cenário de ambiente de taxa de juros em elevação.

Assista a íntegra da Live CBIC Economia.

A ação integra o projeto “Banco de Dados da Construção – BDC”, realizado pela CBIC, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional).

COMPARTILHE!

Construction Agenda

october/2021

Filter Events

mon

tue

wed

thu

fri

sat

sun

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

25oct(oct 25)17:0028(oct 28)17:00Semana da Construção – SindusCon-SP – Inovação, Tecnologia de Estruturas, Sistemas de Instalações Prediais e BIM17:00 (25) - 19:00 (28) Formato on-line, transmitido pelo Youtube do SindusCon-SP

Partners and Affiliations

Partners

 
Sinduscon-Brusque
Sinduscom-SL
Sinduscon – Vale
Sinduscon-RR
Ademi – ES
Sindicopes
Sinduscon-AC
Sinduscon PR – Noroete
Sinduscon-GO
Aconvap
Sinduscon-CE
ASSECOB
 

Click Here and check our partners

Affiliations

 
CICA
CNI
FIIC
 
X