Logo da CBIC

CBIC`s Agency

10/07/2019

Indústria da construção orienta trabalhadores sobre saúde ocular

Ao celebrar nesta quarta-feira (10/07) o Dia Mundial da Saúde Ocular, o Serviço Social da Construção Civil (Seconci-SP) destaca algumas medidas de prevenção às principais enfermidades que causam a perda de visão, como consultas preventivas ao oftalmologista anualmente e, para os trabalhadores do setor da construção civil, o uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para bloquear a incidência dos raios solares diretamente nos olhos.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), há mais de 1,2 milhão de pessoas cegas no Brasil. Já a Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que entre 60% e 80% dos casos de cegueira são evitáveis e/ou tratáveis.

Para a doutora Helisângela Esteves Mendes, oftalmologista do Seconci-SP, os cuidados com a visão começam ainda no ventre materno. “No pré-natal já é possível detectar doenças que podem gerar impactos na visão do feto, algumas vezes, podendo levar a cegueira, como a rubéola e a toxoplasmose”, destaca.

 

Além disso, outros problemas relacionados à visão podem ser tratados logo após o nascimento, ainda na maternidade, como a aplicação de nitrato de prata. Essa solução tem o objetivo de prevenir a conjuntivite gonocócica, que é causada pela causada pela bactéria gonococo e pode ser transmitida pela mãe durante o parto normal. Outro procedimento que precisa ser realizado é o Teste do Olhinho. Simples e rápida, a avaliação visa diagnosticar doenças como a catarata e o glaucoma congênito e, até mesmo, um possível tumor.

A especialista comenta ainda que até os cinco anos de idade é o período no qual a visão se consolida, por isso é muito importante o acompanhamento médico periódico para a prevenção de enfermidades como o estrabismo (desvio dos olhos), que é muito comum neste período. Já entre 6 e 12 anos, os pais precisam ficar atentos para realizar os exames oftalmológicos visando detectar doenças com a miopia, hipermetropia, astigmatismo e a ambliopia (quando um olho desenvolve a visão e o outro não).

Para as pessoas entre os 13 e 20 anos, a recomendação da dra. Helisângela é consultar o oftalmologista anualmente para a detecção de problemas característicos desta fase, como a ceratocone (curvatura da córnea) causada pelo hábito de coçar muito os olhos e pode ser hereditário e a miopia, que tem apresentado aumento dos casos em virtude do uso excessivo do celular e do tablet.

“O manuseio prolongado de aparelhos eletrônicos, como computador, tablet e celular, é muito prejudicial aos olhos. Por este motivo, no caso das crianças, a recomendação é que usem no máximo uma hora por dia. Já para adultos que trabalham com estes equipamentos, o ideal é que façam uma pausa de no mínimo 30 segundos a cada 60 minutos para descansar a vista”, recomenda.

Já entre os 20 e 40 anos, os trabalhadores precisam estar atentos para a detecção do glaucoma, uma doença crônica e silenciosa caracterizada por uma elevação da pressão intraocular e que pode levar à perda total da visão. O diagnóstico é realizado pelo oftalmologista, por meio do Exame do Fundo de Olho e a Tonometria, que mede a pressão ocular.

A partir dos 40 anos, de acordo com o especialista, o glaucoma e a vista cansada são os fatores que demandam especial atenção aos trabalhadores. “Além disso, no caso das mulheres, há ainda a recorrência do chamado Olho Seco em virtude do período da menopausa, que é a fase onde o corpo feminino diminui da lubrificação”, complementa.

Por isso, nesta fase, a especialista do Seconci-SP destaca que é muito importante que as pessoas realizem as consultas preventivas ao oftalmologista anualmente, mesmo que não esteja sentindo nenhum incomodo na visão.

No Seconci-SP, além dos profissionais médicos adequados, os pacientes têm ainda à disposição todos os equipamentos necessários para a realização dos exames.

Uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs)

Para os trabalhadores da construção civil, que muitas vezes realizam a sua atividade no canteiro de obra expostos ao sol, a dra. Helisângela salienta a importância do uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para bloquear a incidência dos raios solares diretamente nos olhos – que pode causar queimadura na retina – e a entrada de poeira no globo ocular.

Outra recomendação da oftalmologista é o uso de lubrificante ocular nos períodos do ano em que o ar está mais seco. “A queda da umidade pode levar a um ressecamento dos olhos e o uso da substância pode evitar a sensação de ardência e vermelhidão, que são muitos característicos desses períodos”, finaliza.

 

COMPARTILHE!

Construction Agenda

december, 2019

Filter Events

mon

tue

wed

thu

fri

sat

sun

-

-

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

05decallday08allday30ª CONVENÇÃO ANUAL DA ADEMI-BA | FÓRUM DE LÍDERES E INVESTIDORES DO MERCADO IMOBILIÁRIO - FLIMI

Events

Partners and Affiliations

Partners

 
Sinduscon-Rio Grande
Sindicopes
Sinduscon-PR
AELO
Sinduscon-MG
Sinduscon-JP
Sinduscon-SP
Sinduscon-Oeste/PR
Sinduscon-MS
APEOP-SP
Ademi – GO
Sinduscon-RN
 

Click Here and check our partners

Affiliations

 
CICA
CNI
FIIC
 
X